A mais nova sensação do momento

Posted in Sem categoria with tags , , on setembro 7, 2010 by Guilherme Cardoso

Uma delícia de tira gosto, sabor doce (não arde). Excelente tempero para culinária!
 
A pimenta biquinho têm sabor marcante, porém sem queimar a boca, por não ter o ardor característico desse tipo de especiaria, tem conquistado fãs em Minas Gerais e por todo o . A reação das pessoas, aliada às várias formas de aproveitamento da especiaria, seja em pratos salgados ou doces, reforça seu potencial. Dá para comer como um morango.
 
Este novo tipo de pimenta pertence a espécie da capsicum chinense, muito comum no Brasil e muito encontrada em Minas Gerais. Existem dois tipos: a picante e a doce; embora a segunda é que tem feito mais sucesso atualmente.

Serve como um bom petisco, vai bem em saladas e como acompanhamento de pratos. Como a pimenta biquinho não arde, pode ser consumida até por crianças. Além disso, é bonita e enfeita os pratos e saladas. O fruto é uma baga, lembrando uma cápsula. Apresenta grande variedade de formas, tamanhos e colorações. A coloração dos frutos maduros é vermelha, mas pode variar desde o amarelo-leitoso, amarelo-forte, alaranjado, salmão, vermelho e roxo até preto. O formato varia entre as espécies. Há frutos alongados, arredondados, triangulares e retangulares.

Drinks para incendiar…

Posted in Sem categoria on setembro 7, 2010 by Guilherme Cardoso

Um drink é composto de 2 até, no máximo, 5 ou 6 ingredientes. Normalmente, mas não obrigatoriamente,  um destilado como Gin, Rum, Vodka, etc. e os outros ingredientes não alcoólicos.

Não é comum, alguns puristas consideram um crime, misturar dois destilados. Em alguns casos é possível misturar bebidas destiladas com fermentadas, mas para ficar bom, também é coisa para quem é do ramo.

Então o drink fica, normalmente, composto de um destilado ou um fermentado, e dois ou três ingredientes não alcoólicos.

Em seguida mostraremos uma receita de um drink feito à base de pimenta e cachaça.

Ginger Mary
50ml de cachaça Sagatiba pura
1 tomate
1 pitada de sal
1 colher de gengibre ralado
3 gotas de molho de pimenta vermelha
3 gotas de molho inglês
suco de limão

Modo de Preparo
Em uma coqueteleira, macere o tomate. Adicione os demais ingredientes e o gelo e agite. Sirva em copo on the rock´s e decore com uma pimenta verde.

Nível de dificuldade
Médio.

nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn

Veja mais receitas e outros segredos para criar drinks dos mais variados e principalmente com um toque apimentado em nossa página drinks apimentados.

A Pimenta serve de amuleto para afastar energias negativas

Posted in Sem categoria on agosto 28, 2010 by Guilherme Cardoso

A palavra vem do latim, amuletum. Trata-se de um objeto que pode ser vivo ou inanimado ao qual se lhe atribui o poder mágico de proteger seu portador de qualquer tipo de desgraças, guardando-o de aflições e malefícios. Em tupi, patuá quer dizer caixa, caixão, designando-se com essa palavra todas as modalidades de magia que dão sorte. Há muita confusão entre amuletos e talismãs. Não deveria haver, pois são bem diferentes no trabalho para o qual são designados. O talismã seria um objeto mágico carregado com a força real que deve representar. É um objeto ativo, cheio de uma força igualmente ativa, destinado a criar um certo conjunto de leis mágicas ao redor da pessoa para a qual foi feito. Se feito de maneira apropriada, continuará a funcionar por um período que durará tanto quanto tiver sido designado, sem que nada mais precise ser feito, auto perpetuante, na verdade. 

Um amuleto é como um capacete de proteção, é protetor em sua maior parte, afastando as más influencias daquele que o usa. Algo usado continuamente, como um São Cristóvão usado como escudo contra acidentes durante uma viagem, uma cruz / crucifixo contra o mal de qualquer tipo, uma cruz ansata, um pantáculo, ou qualquer tipo de símbolo usado em volta do pescoço é basicamente um amuleto contra uma ou outra coisa, mesmo que a pessoa que o use negue, a intenção permanece no subconsciente. Freqüentemente é dado de presente e por isso carrega os desejos e preces daquela pessoa pela sua segurança e contínuo bem-estar.

Pimenta : O ardor que proporciona ao ser consumida foi o responsável por associá-la aos símbolos da Superstição. Acredita-se que possa afastar todo o mal deixando o inimigo com um terrível gosto em sua boca e ardor em suas entranhas. A cor viva de algumas espécies são atrativas para os olhos, “puxando” toda energia ruim que possa vir desse olhar. 

  

   

   

 Pulseiras e brincos – amuletos contra o mau-olhado

Onde comprar os amuletos?
Site Templo Zen
Site Mistérios Antigos

Cervejas Apimentadas

Posted in Sem categoria with tags , , , , , on agosto 25, 2010 by Guilherme Cardoso

Algumas cervejas têm forte teor alcóolico, outras são de chocolate e ainda existem as coloridas. E as apimentadas?

Por incrível que pareça, as cervejas apimentadas existem e podem ser uma ótima alternativa para acompanhar alguns pratos ou mesmo para cozinhar.

Cerveja Rogue Chipotle Ale
Fabricada por Rogue Ales
Estilo: Spice Herb / Vegetable /
Newport, Oregon E.U.A.

Essa cerveja feita com pimenta do tipo chipotle é considerada um pouco forte para ser tomada sozinha, deixando uma sensação de ardor na língua e nos lábios. Porém, ela é ótima para cozinhar deixando seu sabor apimentado quando usada no preparo de refeições.

 

 

 

 

 

 

 

 


Cave Creek Chili Beer
Fabricada por Cervejaria Mexicana
Estilo: Spice Herb / Vegetable
Tecate, México

Também boa para ser usada com tempero, essa cerveja americana traz uma pimenta inteira dentro da garrafa. Tomada em demasia pode produzir uma queimação desagradável, mas pode proporcionar uma experiência interessante para quem gosta de pimenta e cerveja.

 

 

 

 

 

 


Miyamori Wasabi Dry
Fabricada por Miyamori Brauhaus
Estilo: Spice Herb / Vegetable
Kamihei , Iwate , Japão

Produzida por uma pequena cervejaria do Japão, essa cerveja de cor esverdeada é feita com o picante wasabi e, provavelmente, acompanha muito bem sushi ou sashimi.

Ornamentação com Pimentas

Posted in Sem categoria with tags , , on agosto 24, 2010 by Guilherme Cardoso

Que tal aproveitarmos tudo o que essa planta tem de bom e fazermos dela um item da nossa decoração?

Hoje em dia é muito comum encontrarmos essa planta em lojas e casas como forma de ornamentação. As pimentas podem ser cultivadas em vasos, jardins, floreiras além de hortas. Já existem variedades introduzidas no mercado com esse objetivo. São espécies com porte menor e, como outras, de fácil cultivo. Mas caso você não encontre sementes dessas variedades no mercado você pode utilizar outras variedades, pois o tamanho do vaso limitará o crescimento da planta, fazendo com que adquira tamanho menor e frutifique mais rápido.

Os vasos utilizados podem ser de tamanhos variados de acordo com o espaço disponível, nos quais podemos cultivar uma ou mais plantas. O local deve ser pouco ventilado, com boa iluminação e não devemos esquecer de regas diárias até que as plantas atinjam um bom sistema radicular, depois disso as regas passam a ser mais espaçadas deixando o solo sempre úmido.

Pode-se fazer adubações nitrogenadas durante a fase de crescimento da planta, em pequenas doses semanalmente. Após essa fase não é mais necessário, pois esse tipo de nutriente induz a formação de folhas e pode diminuir e até inibir a formação de frutos. E o que nos interessa são os frutos.

Os frutos além de embelezar o ambiente também podem ser consumidos, com a vantagem de serem cultivados sem produtos químicos. Uma dica é colocar nos vasos pedriscos brancos que dão um ótimo contraste com o colorido das folhas e dos frutos.

Agora é mãos a obra, ou melhor às pimentas, e tenha um vaso colorido e útil em sua casa!

Doce de Pimenta 1

Posted in Sem categoria with tags , , on agosto 23, 2010 by Guilherme Cardoso

Pra quem achava que não se podia fazer doce com pimenta, segue abaixo uma receita à base de pimenta dedo-de-moça. Quem fizer e provar, por favor comente aqui no blog. rs

Doce de Pimenta Dedo-de-Moça

Tipo de Culinária: França
Categoria: Doces
Subcategorias: Docinhos / quitandas
Rendimento: 4 porções

Ingredientes

250 gr de pimenta dedo-de-moça
2 xícara(s) (chá) de açúcar
1 xícara(s) (chá) de água
1 unidade(s) de canela em pau
6 unidade(s) de cravo-da-índia
1/2 xícara(s) (café) de rum
6 unidade(s) de pimenta preta em grãos

Modo de Preparo

Faça um furinho nas pimentas com um palito. Afervente as pimentas por 5 minutos e escorra. Enquanto a água ferve, prepare uma calda rala com o açúcar, a água, o cravo, a canela e os grãos de pimenta. Cozinhe as pimentas na calda, em fogo baixo, até ficarem macias, aproximadamente 20 minutos. Dá para perceber que estão ficando prontas porque as pimentas ficam ligeiramente transparentes e carameladas. Acrescente o rum e desligue.

Veja outras receitas em nossa página: Receitas Apimentas

Pimenta x Saúde

Posted in Sem categoria with tags , , , , , on agosto 20, 2010 by Guilherme Cardoso

A pimenta faz bem à saúde e seu consumo é benéfico para quem tem enxaqueca. A substância química que dá à pimenta o seu caráter ardido é a capsaicina, a qual também possui propriedades benéficas à saúde. Ela provoca a liberação de endorfinas, substâncias que provocam uma sensação de bem-estar. As substâncias picantes das pimentas melhoram a digestão, estimulando as secreções do estômago. Possuem efeito antiflatulência. Favorecem a cicatrização de feridas. Existem estudos que demonstram que a pimenta é um potente antioxidante (antienvelhecimento) e anti-inflamatório. A pimenta possui propriedades anticâncer.

Saiba mais sobre este assunto na página: Benefícios da pimenta

%d blogueiros gostam disto: